Sobre Mim - O Que Sou?

Olá! Eu sou a Ana Oliveira!

Eu poderia começar por fazer uma apresentação tradicional e enfadonha, mas sinceramente, eu estou a anos-luz de distância da convencional tradição.

Por isso mesmo vamos fazer isto à minha maneira!

Como já deu para reparar não sou o tipo de ser humano que se resigna aos padrões de vida que a sociedade nos impõem, tento questionar e entender tudo pelos meus próprios neurónios, acho que deveriam tentar como eu tentei, não têm nada a perder.

Muitas vezes as pessoas questionam-me como ando sempre tão bem-disposta.

É simples!

Ninguém me paga para estar triste.

Então, para quê encarar a vida da pior perspetiva possível, quando se invertida, o problema parece resolver-se da melhor forma. Tudo se encaixa como se fossem peças de um puzzle gigante.

Aqui, começa a minha história, milhares de peças de um quebra-cabeças que só terá fim quando eu soltar o meu último suspiro.

Ah, e já agora, chamo-me Ana e como costumo dizer encontro-me na fase vintage da minha vida, ou seja, na casa dos 25 anos. Apesar de pequeno o número da minha idade, não se deixem iludir.

Sou muito mais velha do que aquilo que aparento aos olhos humanos.

Foi numa linda e solheira tarde de um dia de Inverno, em plena cidade do Porto que inspirei o primeiro ar neste corpo.

Tinha chegado!

A minha alma, finalmente, CHEGOU!

Para a vida que antes já tinha pré-definido. Acreditem em mim, que o que andei a acordar antes de encarnar não foram lições nada fáceis, mas necessárias para a evolução da minha alma.

O contacto com a espiritualidade foi desde muito nova porque, graças a Deus, tenho uma Mãe que sempre quis saber mais sobre este tema e acabou por promover o meu despertar e puxar-me cada vez mais para este assunto.

Eu com 3-4 anos comecei a ter sintomas estranhos, por vezes via e ouvia coisas.

Perguntava à minha mãe e ela sempre me dizia que não viu nem ouviu nada, que deveria ser a minha imaginação, como qualquer Mãe normal faria.

Como ninguém me compreendia, eu pensava que deveria ser a única... ignorância a minha!

Acabei por bloquear de tal forma os meus dons espirituais que até à data ainda estou em processo de desbloqueio.

Eu às vezes brinco e digo que a Ana de 3-4 anos era muito mais poderosa que a atual porque não tinha as crenças limitadoras e o ego para atrapalhar todo o processo, se pensarem bem era um estado muito mais puro e em alta conexão com o Divino.

Em toda a minha existência sempre me senti um peixe fora de água sempre com a sensação que não pertencia a este mundo, mas a outro.

Nos anos que se seguiram sempre estive ligada a isto tudo, mas de outras formas, fiz vários cursos relacionados com a energia, atingi o máximo com 12-13 anos.

Por exemplo, eu já ouvia e estudava chakras com 8-9 anos.

A fase mais escura e complicada da minha vida foi aos meus 16-17 anos quando eu estudava no Secundário.

Aí, começou o meu despertar espiritual de forma violenta, mas extremamente necessária.

Não podemos andar a desperdiçar tempo valioso na Terra, temos muito que fazer e aprender, é a verdadeira escola da vida.

Certo dia estava com tantas dores pelo corpo inteiro que já não me aguentava até que a minha família ficou extremamente preocupada e levou-me ao hospital.

Fizeram-me exames a tudo, a sério mesmo tudo!

E sabem o que me disseram?

A menina está perfeitamente bem de saúde, pela cara deles parecia que estavam a ponto de me chamar de louca.

E, convenhamos, na minha humilde opinião, toda a gente tem um pouco de loucura, mas não a este ponto.

Afinal de contas o que era?

Espiritualidade no seu máximo, a gritar a ver se eu acordava e que abanão que eu levei!

Quem não acordaria?

Só quem fosse muito masoquista. 

Foi nesta altura que literalmente, a ficha caiu.

Tive que procurar ajuda em outro lado.

Foi a melhor coisa que poderia ter feito e sou imensamente grata a todos os que me guiaram para tal.

A minha sede por conhecimento levou-me até às terapias alternativas.

Decidi fazer a minha formação de Reiki, na Escola Anastácia, cujos proprietários são os fundadores da APRE - Associação Portuguesa de Reiki Essencial. Gostei tanto que acabei por realizar os 3 níveis de Reiki, sendo o último o Mestrado.

Sou Mestre de Reiki desde Junho de 2013, e já lá vão 7 anos, ainda parece que foi ontem.

Posteriormente, ingressei no curso de Medicina Tradicional Chinesa, no IPN - Instituto Português de Naturologia, na cidade do Porto, durante 4 maravilhosos anos.

Sou Terapeuta de Medicina Tradicional Chinesa já à 3 anos.

Entre estes dois cursos fui desenvolvendo os meus conhecimentos espirituais através de Tarot e Oráculos. 

Sou Conselheira Espiritual.

O que precisa de saber, neste momento da sua vida?

Qual a mensagem que o Universo tem para si? 

Se quiser descobrir... não hesite em contactar-me. 

Faço consultas personalizadas, canalizando uma Mensagem do Universo, especialmente para si.

A razão pela qual estou a fazer este blog é para saberem que não estão sós!

Todas as pessoas têm a sua cruz para carregar, porém todos nós temos o poder de escolher COMO a iremos carregar e aí está um dos seus muitos segredos.

Lembrem-se tudo depende da nossa perspetiva e da nossa forma de pensar.

Basta querer mudar, esse é o verdadeiro passo para a transformação.

MUDA TU!

E TUDO À TUA VOLTA ACABARÁ POR MUDAR!

É o efeito dominó, mas somos nós que damos o primeiro passo para criar o movimento de desmoronamento das peças.

Quando as peças começam a cair nada nem ninguém as consegue deter por mais que tentem.  

Como Fernando Pessoa diria: "Sou muitos."

Agora, percebo perfeitamente o que queria dizer com esta expressão porque sinto o mesmo.


O Que Sou?

Sou muitas Anas dentro de uma só.

É isso que vos quero mostrar.

Por isso, embarquem comigo, nesta grande e magnífica descoberta!